terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Osteoporose

 A osteoporose é uma doença silenciosa, caracterizada pela fraqueza dos ossos que, na maior parte das vezes, só é diagnosticada após a ocorrência de sintomas como fraturas. Ela é uma doença que ainda não tem cura, mas seu tratamento pode melhorar a qualidade de vida do indivíduo diminuindo o risco de fraturas e de doenças associadas. Uma de suas causas é a falta de vitamina D no organismo, outra é a menopausa, embora hajam mais.
Sintomas da osteoporose
O sintoma mais aparente da osteoporose é a fratura óssea ao pequeno impacto, embora possa ocorrer:
•Diminuição da estatura em 2 ou 3 centímetros;
•Ombros caídos e presença de corcunda.
Por ser silenciosa, a osteoporose pode não apresentar sintomas, embora o indivíduo já possa ser identificado com a doença através do exame de densitometria óssea. A densitometria óssea poderá ser realizada de ano a ano ou a cada 2 anos depois do diagnóstico da osteoporose para o ajuste da dose do medicamento.

Tratamento para osteoporose
O tratamento para a osteoporose consiste no uso de medicamentos estimulantes de massa óssea e de bifosfonatos, mas a ingestão adequada de cálcio e vitamina D, através da alimentação ou de suplementos, e a prática de exercícios físicos como Pilates, hidroginástica e dança são igualmente indicados.
Como prevenir a osteoporose
Para prevenir a osteoporose é indicada a ingestão de cerca de 1200 UI de cálcio por dia, praticar exercícios físicos como caminhar, dançar, fazer hidroginástica ou Pilates, e evitar todos os fatores de risco da osteoporose. É recomendado:
•Parar de fumar;
•Expor-se diariamente ao sol, pela manhã por pelo menos 15 minutos;
•Evitar o consumo de bebidas alcoólicas
•Diminuir o risco de quedas retirando mobílias e tapetes desnecessários da casa.
Apesar de todos estes cuidados, é possível que o indivíduo apresente perda de massa óssea e por isso após os 40 anos de idade é importante realizar exames para detectar precocemente a doença e seguir o tratamento adequado.

Causas da osteoporose
A principal causa da osteoporose é a perda de massa óssea que ocorre naturalmente após os 30 anos de idade. Após os 50 anos, principalmente nas mulheres, por causa da menopausa, o osso passa a ser reabsorvido em maior proporção.
Doenças como comprometimento renal, disfunção da tireoide, doença do sangue e autoimunes também podem ser uma causa secundária da osteoporose. O resultado é um desequilíbrio entre a formação e a destruição óssea, que torna os ossos frágeis e com a possibilidade de se quebrarem com maior facilidade.
Fonte: TuaSaúde