segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Fotografias de texturas

A textura faz parte da fotografia e se resume a fotografar a aparência da superfície que será fotografada. Pensando assim, a criatividade para retratar esse tipo de assunto torna-se infinita, o solo de terra de uma estrada, a pele de uma pessoa, a folha de uma planta, um pedaço de madeira, e assim por diante.

Para uma boa fotografia de textura o controle da luz como a cor do “objeto” fotografado influem bastante no resultado final, assim como, a lente a ser utilizada. Recomenda-se uma objetiva com grande profundidade de campo para uma boa captação dos detalhes.

Textura pode se apresentar nas nossas fotografias de diversas maneiras. Elas podem se apresentar como um conjunto de pontos, linhas retas, curvas ou sinuosas. A textura pode ser macia, áspera, lisa, enrugada, etc. e pode nos transmitir sensações e sentimentos.

A transposição da realidade em 3 dimensões para uma representação com apenas 2 obriga a realizar uma série de transformações que consistem, basicamente, em que os volumes são convertidos em formas (o volume é um conceito tridimensional), delimitadas, por sua vez, no conjunto das outras formas circundantes. Essas linhas que aparecem então sugeridas são as que utilizam os sistemas de autofocus para focarem a imagem —daí que seja tão difícil enfocar quando há pouco contraste na cena ou, por outras palavras, quando não há linhas bem clarinhas que delimitem formas.
Fonte: Revista Fotomania