segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Fotografar por hobby ou profissionalmente?

Você tem dúvidas se deve fotografar apenas por hobby ou se deve investir e se tornar um fotografo profissional? Então leia nosso artigo e esclareça todas as suas dúvidas:

Nessa era da fotografia virtual com o acesso fácil ao conhecimento e a pós produção das imagens, temos visto muitas fotos bonitas e muita gente se transformando da noite para o dia em fotografo profissional.
Vou transmitir a minha visão sobre como vejo o mercado fotográfico. Acho que pode ajudar os futuros fotógrafos profissionais.
O fotografo amador é aquele tem um trabalho fixo em outra profissão, muitas vezes é da na área de comunicação ou arte e que investe em equipamento, possui uma DSLR, estuda,  sai para testar e aprimorar seus conhecimentos, normalmente sabe o que está fazendo. Quando tem evento familiar ou com amigos  lá vem ele com sua maquina, flash e cliques. As fotografias do fotografo amador costumam ser boas, equilibradas e bonitas.
O fotografo que fotografa por hobby é bem parecido com o amador. Ele tem um trabalho fixo, está sempre com sua maquina, só que muitas vezes não investe tanto em equipamento, normalmente tem uma super zoom ou uma DSLR de entrada, e suas fotografias visam mais o enquadramento e não as técnicas de exposição.  São fotografias do dia a dia, algumas pessoas mandam bem!
O fotografo profissional é aquele que estuda fotografia, investe em equipamento, faz testes, está sempre antenado na tecnologia e procurando formas de se aprimorar.
O fato é que ele cobra para fotografar, ele vive disso. O fotografo profissional trabalha com fotografia, está todos os dias vendo e pensando nisso, se não fotografar não paga as contas no final do mês. E normalmente trabalha em um tipo especifico do mercado.

É uma resposta simples e obvia, só que muita gente se vende como profissional e não é. Pode até fotografar bem, mas não é isso que te faz ser profissional. Alguns fotógrafos amadores poderiam viver de fotografia, eles tem o talento e olhar, mas como não vivem, são categorizados amadores, se eles tiverem o trabalho deles e fazerem trabalhos de fotografia podem ser categorizados como profissionais.