terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Fotografando a noite

A prática da Fotografia noturna é uma das mais convidativas atividades dos amantes da fotografia que já aprenderam os segredos do controle de exposição, controle do diafragma e ISO alto a configuração manual, ou semi-automática da sua DSLR. Alem disso,  ruídos, alcance dinâmico e enquadramento criativo são os desafios para se obter aquele imagem de alto impacto que provoca no espectador o estado de contemplação instantânea.
Fazer fotografia noturna não é apenas fotografar à noite; é o olhar e planejar a produção de imagens que podem até ser tecnicamente complexas de se produzir, passando por recurso de pintura com a luz, ISO alto , etc … Mas com resultados singulares e encantadores.
Neste pequeno artigo vamos apresentar 3 exemplos de práticas de fotografia de noturna e explicar como foram produzidas.
Dica 1 – Reflexo na água em longa exposição
Na foto acima, foi colocado em destaque o reflexo das luzes da margem no lago. O movimento da água causado pelo vento durante a exposição de 25s deu uma sensação de vitrificação no lago refletindo as luzes da margem. A diversidade de cores nas luzes deu uma charme especial na imagem gerando uma harmonização na composição.  Os faróis e lanternas dos veículos que circulam à margem do lago desenham um rastro de luzes que iluminam a parte superior da imagem. A composição se completa com o neon que contorna a edificações do local. Como havia muita incidência de luz conta a lente,  a abertura do diafragma foi reduzida em f32. Este ajuste de diafragma com pequena abertura  também permitiu maior profundidade de campo para obter nitidez em todas as áreas da imagem, no ponto mais próximo e no ponto mais distante.
Exif:  Imagem foi feita no formato RAW com ISO em 320 usando abertura de diagrama em F32 de uma lente 35mm e exposição de 25s.

Setup: Tripé e lente 35mm com uma Nikon D90
Pós-produção:  no LR4.0 para ajustar a  saturação
Dica 2- Aumentando a luz 
A imagem acima teve  como objetivo capturar uma luz uniforme que ilumina as pedras da margem do lado. O local era bem pouco iluminado e eu resolvi não usar flash apesar da pouca distancia entre as pedras e a câmera. Ao invés disso, optei por uma abertura média no diafragma para conseguir maior quantidade de luz no sensor.  Com um tripé um uma exposição de 25s , mesmo com pouca luz ,  foi possível capturar os detalhes na da pedras e do pier na composição. A exposição longa também fez  o efeito de suavização do movimento da água na areia dando uma sensação de que a água estava leitosa.

Exif:  Imagem foi feita no formato RAW com ISO em 320 usando abertura de diagrama em F5.6 ( abertura média ) de uma lente 35mm e exposição de 25s.
Setup: Tripé e lente 35mm com uma Nikon D90
Pós-produção:  no LR4.0 para ajustar a  saturação
Dica 3 – Pintando com luz 
Outro exemplo de composição em fotografia noturna com exposição menor (apenas 1/2s). Dessa vez brincando um pouco mais com as luzes que pintaram toda a imagem com fundo extremamente escuro. Algumas luzes fixas ( na ponte) , outras em movimento dos faróis e lanternas dos carros em alta velocidade e outras são flare de fonte de luz fora do enquadramento.  Neste exemplo também pode-se notar as superfícies iluminadas da ponte e o asfalto da pista.
Exif:  Imagem foi feita no formato RAW com ISO 100 usando abertura de diagrama em F4.0 ( abertura média ) de uma lente 105mm e exposição de 1/2s.
Setup: Tripé com uma Nikon D90
Pós-produção:  no LR4.0 para ajustar a  saturação
Resumindo:

Segue algumas recomendações para se produzir boas fotos noturnas:
-  Use sempre o tripé ou algo que possa garantir a estabilização da câmera
- Evite o ISO alto ( acima de 320).
- Desligue o estabilizador da sua lente
- Evite o uso flash integrado à câmera ( a menos que queira produzir algum efeito diferente).
- Use o modo manual “M” da configuração da sua câmera ou prioridade pela abertura (Normalmente indicado por ‘A’, ou ‘Av’), se não estiver habituado com o modo “M”.
- Use abertura média  ( a partir de F4.6)  ou pequena para melhor nitidez  com a profundidade de campo.
Espero que essas dicas tenham ajudado.