terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Dor de ouvido

Sinônimos: Otalgia; dor no ouvido;
A dor de ouvido pode ser aguda, surda ou ardente em um dos ouvidos ou em ambos. A dor de ouvido pode ser temporária ou constante.
Causas
A trompa de Eustáquio sai do ouvido médio de cada ouvido e vai até a parte posterior da garganta. Essa trompa drena o líquido que é produzido normalmente no ouvido médio. Se a trompa de Eustáquio for bloqueada, o líquido poderá se acumular. Isso pode provocar pressão atrás do tímpano ou uma infecção no ouvido.
A dor de ouvido em adultos tem menos chances de ser causada por uma infecção no ouvido. O que você identifica como dor de ouvido, pode ser, na verdade, originada em outro local, como na articulação temporomandibular, nos dentes, na garganta ou em outro local. Isso é chamado de dor "reflexa" ou "referida".

As causas da dor de ouvido podem incluir:
•Artrite da mandíbula
•Infecção do ouvido aguda
•Infecção do ouvido crônica
•Lesão no ouvido devido a alterações de pressão (grandes altitudes ou outras causas)
•Objetos inseridos no ouvido ou cera excessivamente acumulada
•Tímpano rompido ou perfurado
•Infecção nos seios da face
•Garganta inflamada com dor reflexa nos ouvidos
•Síndrome da articulação temporomandibular
•Infecção dentária
A dor de ouvido em crianças ou bebês pode ocorrer devido à infecção ou às seguintes causas:
•Irritação do canal auditivo causada por cotonetes
•Sabonete ou xampu acumulado no ouvido

Considerações
Os sintomas de uma infecção no ouvido podem incluir:
•Dor de ouvido
•Febre
•Inquietação
•Choro contínuo
•Irritabilidade
Muitas crianças podem apresentar perda de audição leve e temporária durante e logo após uma infecção no ouvido. A perda de audição permanente é rara, mas o risco aumenta de acordo com o número de infecções.

Prevenção
As seguintes medidas podem ser seguidas para evitar a dor de ouvido:
Otite gera dor no ouvido e pode causar surdez
•Evite fumar perto de crianças. Foi comprovado que o fumo causa milhões de infecções de ouvido em crianças, a cada ano.
•Evite infecções no ouvido externo não inserindo objetos no ouvido e secando o ouvido após o banho ou após a piscina.
•Siga as medidas apropriadas para controlar alergias. Evite, em particular, substâncias alérgenas. Esteroides em spray nasal podem ajudar a reduzir infecções no ouvido. No entanto, anti-histamínicos sedativos de venda livre e descongestionantes NÃO previnem infecções no ouvido.
Buscando ajuda médica
Ligue para o médico se:
•Seu filho apresentar dor de ouvido com febre alta ou muita dor, ou parecer mais debilitado que o normal, devido a uma infecção no ouvido
•Novos sintomas aparecerem justamente da dor de ouvido, especialmente: -Vertigem
•Dor de cabeça muito forte
•Inchaço ao redor do ouvido
•Fraqueza nos músculos faciais
•Dor muito forte que para de repente pode ser um sinal de tímpano rompido
•Se os sintomas (dor, febre ou irritabilidade) piorarem ou não apresentarem melhoras em um período de 24 a 48 horas
Para dor de ouvido, o médico realizará um exame físico e examinará as áreas do ouvido, nariz e garganta.
Dor, sensibilidade ou vermelhidão no osso mastoide, atrás da orelha, no crânio, geralmente é sinal de uma infecção grave.
As seguintes medidas podem ser seguidas para tratar de uma dor de ouvido:
•Pode ser aplicada uma bolsa ou um pano umedecido em água gelada no ouvido externo durante 20 minutos para reduzir a dor de ouvido.
•Em crianças com idade suficiente para mascar chiclete com segurança, o chiclete pode ajudar a aliviar a dor e a pressão de uma infecção no ouvido.
•Se a criança se sentir desconfortável deitada, dormir em uma posição mais elevada poderá ajudar a reduzir a pressão no ouvido médio.
•Os remédios em gotas para o ouvido vendidos em farmácias sem prescrição médica são suaves e eficazes, exceto em casos de rompimento do tímpano.
•Analgésicos que podem ser vendidos sem prescrição médica, como acetaminofeno ou ibuprofeno, podem ajudar a diminuir a dor em crianças e adultos com dor de ouvido. (NÃO dê aspirina a crianças.)
Você pode reduzir a dor de ouvido causada por descidas bruscas de grandes altitudes mascando chiclete ou engolindo a saliva. Em caso de bebês, deixe-os sugar a mamadeira enquanto o avião estiver descendo.
Fonte: Minhavida