terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Dieta mediterrânea

Uma revisão de 20 estudos feita por pesquisadores da Merton College, no Reino Unido, e daUniversity of California (EUA), descobriu que substituir carboidratos por proteínas na dieta pode ajudar a reduzir a picos de açúcar no sangue em pessoas com diabetes tipo 2. O objetivo de encontrar uma dieta específica para o diabetes é a de melhorar o controle de açúcar no sangue que, por sua vez, pode reduzir os danos no coração, olhos, rins e nervos que acompanham a doença. A análise foi publicada em fevereiro no American Journal of Clinical Nutrition. 

Todos os estudos analisados tinham no mínimo seis meses de duração e cobriam uma gama de dietas que supostamente ajudavam a melhorar o controle da glicemia, incluindo dietas com baixo consumo carboidratos (fornecendo entre 20 e 60 gramas de carboidratos por dia), vegan, vegetariana, de baixo índice glicêmico (IG), rica em fibras, do mediterrâneo e de alto teor de proteína (fornecendo de 20% a 30% das calorias em proteína diariamente).
As dietas foram comparadas com uma dieta-controle usada em cada pesquisa - alguns trabalhos, porém, usaram dietas-controle muito diferentes, o que pode tornar o resultado menos consistente. No entanto, as dietas-controle mais comuns foram com baixo teor de gordura (menos de 30% de calorias diárias provenientes de gordura) e alto teor de carboidratos (de 50% a 60% de calorias).
De acordo com os resultados, as dietas que produziram maiores efeitos no controle glicêmico foram a dieta mediterrânea e a de alta proteína, que diminuíram os níveis de glicose no sangue em 0,47% e 0,28%, respectivamente, se comparadas com as dietas-controle, enquanto as dietas de baixo IG e baixo carboidrato reduziram a glicemia em 0,14% e 0,12%. Os estudos sobre as dietas vegetarianas e veganas não apresentaram resultados significativos na redução da glicose.
Os autores afirmam que são necessárias mais pesquisas para comprovar os efeitos diretos de uma dieta de alta proteína para o controle do diabetes, mas alguns conselhos já podem ser adotados, como preferir carboidratos que tenham um menor índice glicêmico - como os integrais - e investir mais em proteínas magras, como peixes, e gorduras boas, como o azeite.
Dieta do diabetes: nove cuidados essenciais com a alimentação
A dieta ideal para quem tem diabetes varia de pessoa para pessoa. Entretanto, algumas recomendações são iguais para todos, como fazer três refeições por dia intercaladas com pequenos lanches e preferir alguns alimentos em detrimento de outros. Confira quais são esses cuidados: 
Arroz, pães e massas integrais 
A endocrinologista e nutrólga Ellen Paiva, do CITEN, explica que os carboidratos complexos presentes nesses alimentos são digeridos mais lentamente pelo organismo, liberando a glicose em pequenas doses. Isso é benéfico para o diabético, que não terá picos de índice glicêmico quando comer esse nutriente.
Porém, lembre-se de preferir sempre aos integrais, pois eles são ricos em fibras, que melhoram a ação da insulina.
 Veja a matéria completa:Clique aqui!