segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Dicas para fotografara primavera

Finalmente a primavera chegou! Para muitos trata-se da principal estação do ano para fotografar e porque não dizer também, a época em que mais cores se encontram espalhadas pelas ruas das cidades e campos com a explosão de milhares de tonalidades.

Confira sete importantes dicas para aproveitar melhor a primavera!
- Fotografe nas primeiras horas do dia: As primeiras horas da manhã oferecem as melhores condições para se fotografar  as flores, principalmente pela luz mais branda que determina sombras mais suaves em suas fotografias. O segundo fator existente nesta hora é o orvalho, que permanece nas pétalas das flores devido a umidade da noite anterior proporcionando um efeito muito bacana de ser registrado.
- Evite as horas centrais do dia: As horas centrais do dia entre as 12h e 16h são as piores para este tipo de fotografia. A luz provoca sombras duras e este excessivo contraste entre luzes e sombras, normalmente não favorecem as fotografias de flores. Existe também o fator de que devido ao calor intenso, é possível que encontre a determinados tipos de flores, cujo as pétalas para se proteger, se fecham deixando-a murchinha.

 - Utilize de ISOS baixos: Use o ISO mais baixo que as condições de luz te permita. O nível de ruído nos sensores digitais é maior quando selecionado um ISO de valor mais alto. Tente fazer a exposição da foto de acordo com a abertura e tempo de exposição.
 - Use de uma objetiva Macro: A utilização desta objetiva é sempre bem-vinda para se fotografar flores. Caso não tenha dinheiro para desembolsar na compra de uma, as lentes “close-up lens”, ou se preferir lentes de aproximação, que são tipos de filtros que quando colocados na ponta de sua objetiva, aumentam o objeto que será fotografado alcançado quase que o mesmo resultado de uma lente deste modelo.

- Use um tripé: O uso de um tripé facilitará bastante a sua vida quando utilize de ISOS baixos para exposições maiores, evitará que as fotografias saem tremidas, claro que, quando as condições climáticas sejam favoráveis. Para a fotografia macro existem tripés em que se é possível remover a barra central, que facilita bastante a vida do fotógrafo.
- Ajuste a profundidade de campo: Não é necessário que todas as suas fotografias de flores saiam nítidas. Se esta fotografando em macro, bastará apenas que uma parte de sua flor saia nítida e pode será parte de uma pétala, estigma, antenas...

- Deixe o fundo desfocado: Para este tipo de fotografia é muito importante a utilização correta dos fundos. Busque fundos simples, “brinque” com a abertura do diafragma e com a distância focal para conseguir uma boa profundidade de campo que permita eliminar qualquer distração do fundo.
Fonte: Revista Fotomania