segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Aprenda a usar a luz

Quando você começar a estudar as possibilidades do uso de duas luzes, rapidamente descobrirá que suas variações são praticamente infinitas. Vamos observar os cinco principais cenários. Em cada um deles, a luz verde é a principal. A função da luz vermelha varia entre preenchimento, contorno e plano de fun­do. Se você quiser criar uma luz suave em qualquer uma destas situações, adicione um modificador.
Com duas luzes posicionadas simetricamente, você desloca o contraste da esquerda para a direita ajustando a potência das fontes.
Luzes simétricas e em ângu­lo em relação ao modelo
 Este é um esquema padrão para iniciantes. Se as duas fontes esti­verem com a mesma potência, então a luz ficará bastante uniforme e prati­camente sem sombras. Pense na foto da carteira de identidade e você sa­berá com o que se parece esta ilumi­nação. Quando você aumentar a po­tência em um dos lados, as sombras ficarão mais aparentes do outro. Ajus­te a potência de cada luz para mover o contraste de um lado para o outro.

Esta combinação versátil pode ser utilizada para criar uma ampla gama de iluminações interessantes. Certifique-se de trabalhar com a câmera ao redor do círculo para explorar muitas opções.
Luzes disparando uma con­tra a outra
 Este é o esquema de luzes da sessão descrita nesta seção. Você pode posicionar as duas luzes uma apontada para a outra, colocar seu modelo no centro e traba­lhar com a câmera em um círculo em torno dele para encontrar muitos esti­los diferentes de iluminação. Quando uma das fontes está atrás do modelo, ela cria uma luz de contorno. Se as lu­zes estiverem em ambos os lados do modelo (na marca das 3 e 9 horas), então você terá uma luz de machado – que projeta uma sombra ameaçadora no meio do rosto do modelo.

Disparar duas luzes no mesmo lado, uma acima e outra abaixo do modelo, é a con­figuração clássica para iluminação de beleza.
Duas luzes no mesmo lado
Muitos tipos de iluminação para beleza são construídos sobre a ideia de alinhar duas fontes de luz, uma sobre a outra. A luz suave funciona muito bem nesta configuração (iluminação em concha). Ajustar a potência da fonte superior ou inferior controla a intensidade das sombras.

Disparar uma luz contra o plano de fundo pode tornar a cena mais interessante. Ela também pode ser utilizada para criar uma separação visual entre o mo­delo e o fundo.
Uma luz no modelo, outra em direção ao plano de fun­do
 Esta combinação é utili­zada como alternativa à luz de contorno quando você precisa criar uma separação visual en­tre seu modelo e o plano de fundo. Se você co­locar gelatina na luz de fundo, criará uma mancha de cor atrás do modelo. 

Rebater uma das luzes em uma parede é uma maneira rápida de criar luz suave quando você não tem o modificador adequado por perto.