quinta-feira, 14 de janeiro de 2016

Os vegetais emitem algum som?

À primeira vista, isso soa estranho, mas basta pensar um pouquinho para lembrar que sim. É claro que eles precisam de uma ajuda de outros elementos da natureza. Coqueiros, por exemplo, podem formar um belo dueto com o vento. Os compositores Vinícius de Moraes e Toquinho imortalizaram, nos versos da música "Tarde em Itapoã", o barulho das folhas de coqueiros raspando umas nas outras com o sopro da brisa: o "diz-que-diz-que macio que brota dos coqueirais". Em plantas como o bambu-gigante, a ventania faz o caule dobrar, provocando um estalo instantâneo. Outra parceira afinada das plantas é a lei da gravidade. Ao despencarem das árvores, é óbvio que os frutos produzem um estalido no momento em que se espatifam no chão. Isso não cria nenhuma melodia, mas pode ser o mote para o início de um batuque... Sozinhos, porém, os vegetais não emitem nenhum som, até porque não precisam. "As plantas se comunicam entre si liberando substâncias químicas, como aromas e toxinas.

É assim que um vegetal percebe o outro e pode responder a essa presença", afirma o biólogo Carlos Prado, da UFSCAR.