quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Novos jeitos de clicar flores

Dicas da especializada Sue Bishop para capturar imagens mais belas
As primeiras horas da manhã oferecem as melhores condições para se fotografar  as flores, principalmente pela luz mais branda que determina sombras mais suaves em suas fotografias. O segundo fator existente nesta hora é o orvalho, que permanece nas pétalas das flores devido a umidade da noite anterior proporcionando um efeito muito bacana de ser registrado.

As horas do dia entre as 12h e 16h são as piores para este tipo de fotografia. A luz provoca sombras duras e este excessivo contraste entre luzes e sombras, normalmente não favorecem as fotografias de flores. Existe também o fator de que devido ao calor intenso, é possível que encontre a determinados tipos de flores, cujo as pétalas para se proteger, se fecham deixando-a murchinha.
Use o ISO mais baixo que as condições de luz te permita. O nível de ruído nos sensores digitais é maior quando selecionado um ISO de valor mais alto. Tente fazer a exposição da foto de acordo com a abertura e tempo de exposição.

 Use de uma objetiva Macro: A utilização desta objetiva é sempre bem-vinda para se fotografar flores. Caso não tenha dinheiro para desembolsar na compra de uma, as lentes “close-up lens”, ou se preferir lentes de aproximação, que são tipos de filtros  que quando colocados na ponta de sua objetiva, aumentam o objeto que será fotografado alcançado quase que o mesmo resultado de uma lente deste modelo.
Use um tripé: O uso de um tripé facilitará bastante a sua vida quando utilize de ISOS baixos para exposições maiores, evitará que as fotografias saem tremidas, claro que, quando as condições climáticas sejam favoráveis. Para a fotografia macro existem tripés em que se é possível remover a barra central, que facilita bastante a vida do fotógrafo.

Ajuste a profundidade de campo: Não é necessário que todas as suas fotografias de flores saiam nítidas. Se esta fotografando em macro, bastará apenas que uma parte de sua flor saia nítida e pode será parte de uma pétala, estigma, antenas.
Deixe o fundo desfocado: Para este tipo de fotografia é muito importante a utilização correta dos fundos. Busque fundos simples, “brinque” com a abertura do diafragma e com a distância focal para conseguir uma boa profundidade de campo que permita eliminar qualquer distração do fundo.

As flores possuem uma simetria radial, então use essa simetria para criar uma composição forte e rica de detalhes.
Algumas fotos podem nos custar um pouco de barro na roupa e alguns arranhões pelo corpo. Mas esse sacrifício pode nos render fotos impressionantes de flores vistas de outro ângulo. Prepare uma roupa mais velhinha e se suje na busca desse ângulo diferente.

As flores possuem uma simetria radial, então use essa simetria para criar uma composição forte e rica de detalhes.

Registrar o reflexo da flor na água pode ser uma poderosa técnica para compor sua fotografia.