segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Fotografia noturna


As melhores fotos noturnas são aquelas tiradas à luz da lua – quando ela está cheia ou quase cheia – ou na primeira hora do crepúsculo. Mesmo assim, as fotos precisarão de uma exposição longa, então é preciso um tripé e um cabo disparador, ou um timer acoplado, para evitar que a câmera trema.
Se quiser fotografar logo após o pôr do sol, estude o lugar antes para achar elementos que criem silhuetas contra o céu. O azul Royal de um céu depois do entardecer em um dia sem nuvens e o céu laranja e rosa depois do pôr do sol em um dia nublado criam fundos maravilhosos para todo tipo de coisa.
Para fotos da lua, a melhor hora é assim que ela nasce e está grande, mas não brilhante demais. Há luz ambiente suficiente na terra. Na cidade, espere para que o céu que escurece e as luzes da cidade estejam balanceados para conseguir detalhes em ambos.
Faça um bracket da exposição para garantir a foto desejada. À noite, muitas vezes existem fontes de luz no quadro que podem enganar o fotômetro.
Tente exposições longas que deixam os carros atravessarem todo o quadro e terá rios de luzes brancas e vermelhas passando pela cidade.
Para fotografar com a Lua no fundo, abra um stop ou dois para não subexpor e garantir que ela fique branca.

Para pores do sol, teleobjetivas dão um disco solar maior. Do mesmo modo, use uma teleobjetiva para que a Lua não seja só um ponto brilhante no céu.