quarta-feira, 27 de janeiro de 2016

Fotografando pets

 “Fotografar animais de estimação é sempre muito divertido e ao mesmo tempo um trabalho íntimo”
Fotografar os seus animais de estimação pode ser um desafio, mas no final valerá a pena. Enquanto este “como fazer” presume que queira fotografar o seu cão ou gato, muito do que é abaixo indicado pode também ser aplicado a qualquer tipo de animal de estimação.

Cachorros não param de correr, gatos são curiosos, pássaros fogem. Estes são apenas alguns dos problemas ao fotografar nossos animais de estimação – e bichos em geral. E nem sempre temos em mãos uma câmera superpotente para amenizar a situação.
A primeira dica é saber a rotina do animal. Nossos bichos sempre têm cantos preferidos para dormir e passar o tempo, além de brinquedos favoritos e horários para comer, tomar água e passear.

Faça um exercício de observação e perceba quais são seus lugares favoritos da casa, onde eles ficam mais à vontade. Isso facilita bastante na hora de conseguir fotografar, pois você pode escolher os momentos em que estão mais calmos.
Deixe seu equipamento preparado: Geralmente quando o fotógrafo é contratado para fotografar pets, o tempo de atuação é bem limitado, já que o animal se cansa rapidamente. Exatamente por isso que seu material tem que estar pronto para sair disparando e capturando os inusitados momentos do pet.

Roteirize a sua sessão fotográfica: É uma dica complementar a anterior, que ajudará você a aproveitar o tempo junto ao mascote, antes que ele se canse. Pense nas fotografias que gostaria de fazer, faça uma lista e procure seguir até o final.
Deixe o animal cômodo: Converse com os donos do animal antes de realizar o seu trabalho. Procure saber que tipo de brinquedos pode levar para distraí-lo, como em geral se comporta o animal com pessoas estranhas e se possível peça aos donos que estejam no local no momento da sessão fotográfica.

Quanto mais discreto você for, melhor. O bicho quer atenção, mas não sabe que precisa posar para uma fotografia. Portanto, escolher momentos em que eles estão entretidos com brinquedos ou comidas pode resultar em fotos muito legais, permitindo que você chegue bem perto sem que eles percebam.
Descubra a personalidade do animal: Pode parecer besteira, mas não é. Os animais em geral são muito expressivos.  Os olhos e orelhas podem transmitir muita informação sobre o comportamento do animal. Procure observar o animal antes de iniciar o seu trabalho e assim conseguir tirar proveito de suas melhores “poses”.

Utilize a luz natural: Se pode utilizar da luz natural, faça! As fotografias feitas com esta luz simplificam o uso do equipamento, fazendo com que o fotógrafo tenha sua atenção dedicada toda ao pet. Tome cuidado para que a luz não incida diretamente no animal para que não  crie sombras indesejáveis. As fotos feitas na sombra sempre são as melhores.
Fotografe o seu animal de estimação no seu ambiente natural. Se o seu gato passa todo o tempo no sofá, então esse é o melhor local para fotografar. Se o seu cão passa todo o tempo no pátio, então esse é o melhor local para fotografar.
Evite usa o flash: O flash pode deixar o animal incomodo e agitado.
Procure focar os olhos: Como em qualquer outro tema fotográfico, enfocar os olhos resulta sempre ser uma boa prática. Caso isso não aconteça, certamente irá gerar desconforto ao espectador, a não ser que sua sessão seja especificamente sobre a língua ou focinho do animal.
Prove com sua tele: A teleobjetiva acaba criando uma zona de conforto para que possa realizar seu trabalho sem que aborreça o mascote, ou pode acontecer também que seu material fotográfico crie curiosidade no animal, que provavelmente se aproximará, fazendo com que perca o foco ou o enquadramento.

Posicione-se a sua altura: Em geral as fotografias são tiradas de pé, da altura de nosso olhos, de cima para baixo. Procure agachar a mesma altura do animal, aumentando a sensação de proximidade com o seu modelo.
Tenha paciência! Sua sessão será muito parecida com a de bebês e crianças pequenas. Geralmente são modelos indóceis e impacientes. Seja rápido e capture os melhores flagras, antes que perca a sua paciência. Vá preparado psicologicamente para este trabalho!