terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Fazer as malas para fotografar

Faça as malas
Antes de embarcar para a próxima viagem, pense sobre o equipamento essencial para tirar o tipo de foto que deseja e quanto peso extra pode agüentar. Se levar uma câmera compacta point-and-shoot, não vai precisar de nenhum equipamento adicional, mas também não terá o mesmo controle que teria com uma SLR digital e várias lentes – e muitas vezes as fotos não serão tão boas.
Muitos fotógrafos profissionais viajam com pelo menos duas SLRs digitais, normalmente modelos que usam as mesmas lentes. Os profissionais geralmente misturam e combinam lentes com zoom com lentes de distância focal fixa, dependendo do que pretendem fotografar. Filtros, unidades de flash, cartões de memória completam a bolsa da câmera.
Leve alguns filtros. Entre os básicos estão os ultravioleta, para proteger as lentes, os polarizadores para eliminar reflexos e névoa, e os de densidade graduada, para equilibrar a variedade de escuros e claros.
Uma ou duas lentes zoom, com uma combinação coordenadas de distâncias focais, são uma boa opção a varias lentes de distância focal fixa.
Leve pelo menos uma reserva para cada parte substituível, como baterias e cartões de memória. 

Busque a autenticidade
Os viajantes de hoje em dia ficam intrigados pelo que é autêntico. Gostamos de lugares que ainda tenham sua própria identidade – cultura, patrimônio, meio ambiente. A fotografia em especial a fotografia de viagem, tem um papel importante a documentar o que ainda há de distinto.
Uma cultura autêntica está, às vezes, tão perto quanto a feira ou festival mais próximos, e é provável que eles estejam na trilha dos turistas. Mas muitas vezes é preciso chegar cedo ou sair tarde para realmente ver a vida como ela é. As melhores fotografias de outra cultura se fundamentam nas relações que você estabelece com as pessoas de lá. Mostre respeito e consideração. Gaste um tempo para conhecer o lugar e deixar que as pessoas o conheçam e confiem em você.
Pesquise a sua viajem antes e descubra como será recebido. Sempre peça permissão para fotografar.
Vá cedo e fique até tarde para aproveitar as horas calmas se o seu destino for muito visitado por turistas.
Aprenda algumas palavras da língua local e demonstre interesse genuíno pelas pessoas que conhecer. O envolvimento cria vínculos.

Contrate um guia para levá-lo aonde os turistas não costumam ir. Escolha pessoas de etnia local – elas conhecem a língua e os costumes.