segunda-feira, 25 de janeiro de 2016

Dicas sobre padrões e texturas na fotografia

Padrões e texturas
A vida é cheia de padrões, muitos dos quais ignoramos. Mas a repetição de formas é uma técnica de composição importante. Linhas onduladas na areia ou sombras na floresta, se bem fotografadas, tornam-se abstrações inesperadas baseadas em formas normalmente comuns.
Um elemento bem escolhido que interrompe um padrão obrigatoriamente se destaca no quadro: uma maçã amarela em um cesto de maçãs vermelhas ou um tronco de árvore de cor diferentemente na floresta. Essas formas que interrompem não só chamam a atenção para si mesmas como também reforçam o padrão ao se diferenciar dele.
Use a lente correta
A lente correta é importante para o uso criativo de padrões. Uma teleobjetiva irá acentuar a repetição ao comprimir os objetos repetitivos, como os troncos de árvores.
Uma lente grande-angular pode ser melhor para sombrear o padrão de quadrados em foto aérea de uma fazenda.
Fotografar texturas – a parte tridimensional de uma superfície – pode aumentar a autenticidade de uma imagem, especialmente se a textura for enfatizada com uma luz lateral, como ao pôr do sol. Nessa situação todas as irregularidades de uma superfície aparecerão em relevo.
Os padrões criam ritmo e movimento. Atentar à maneira como os elementos se repetem na natureza e em estruturas feitas pelo homem pode dar vida a objetos comuns.

Uma floresta coberta de neve no estado americano de Wyoming se torna um padrão geométrico abstrato graças à luz lateral. Sumio Harada/Minden Pictures Wyoming, EUA

A visão de um teto de vidro em um resort em Cancún se torna uma obra de arte caleidoscópica aos olhos do fotógrafo. Mike Theiss Cancún, México

Uma simples visão de cima das plantas ganha uma qualidade indiscritivel com as decisões certas sobre luz e composição. James Forte Santa Bárbara, Califórnia, EUA